sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Rurópolis: Dois irmãos são encontrados mortos no ‘Travessão do Cachimbão’

Na desta quinta feira, 08, por volta das 18hs, foram encontrados os corpos de dois irmãos em um lote
da zona rural do município de Rurópolis, sudoeste do estado.
As vitimas são: Leonardo Nascimento Alves, 22 anos, e Juvanildo Nascimento Alves, 15 anos. Os corpos foram encontrados pelos nacionais; David de Sousa Moraes e Josefa Neves dos Santos, proprietários do lote, que fica localizado no Travessão “Cachimbão”, cerca de 55 km da sede do município. A policia trabalha com a hipótese de execução, a tiros de espingarda, sendo que no local foi encontrado um cartucho deflagrado de Calibre 20. As Vítimas estavam serrando madeira e foram encontrados por volta de 13 horas. Uma guarnição da Policia Militar do município foi acionada e esteve no local para colher algumas informações sobre o crime. A policia esta investigando o caso e pede se alguém tiver alguma informação que possa avisar na 17ª CIPM ou na Delegacia de Policia Civil.
Fonte: Blog do Junior Ribeiro e PM de Rurópolis..

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

ASSALTANTE DE BANCO MORRE EM CONFRONTO COM A POLICIA EM PARAUAPEBAS

Quadrilha entra em confronto com a polícia de Parauapebas e a DRCO ( Divisão de Repressão do
crime organizado), Raimundo​​ foi atingindo e não resistiu aos ferimentos, o mesmo tem participação nos assaltos aos bancos. Sendo que foi aprendido armamentos pesados e 14 mil em dinheiro no envelope e cerca de 50 mil depositado.A Polícia Civil do Pará, na data de 07/12/2016, por intermédio da DRCO com apoio das superintendências do Xingu, Redenção e Parauapebas, prendeu em Conceição do Araguaia a nacional Nayana Cris da Costa Silva quando tentava sair do Estado com parte do armamento utilizado no assalto. Tal prisão propiciou a prisão na cidade de Parauapebas da nacional Sandra Lúcia Domingues que prestou apoio logístico pra quadrilha, porém no ato da abordagem do nacional Raimundo Nonato Inácio Valdivino, tido como um dos líderes do assalto, este quando defrontado com a equipe da DRCO veio a disparar com arma de fogo contra os policiais que tiveram que se defender reprimindo a injusta ameaça contra suas vidas, tendo Raimundo não resistido e vindo à óbito. A operação policial apreendeu um fuzil AK 47, uma escopeta calibre 12, duas pistolas e dois revólveres sendo um deles da empresa Prosegur, além da quantia de R$14.000,00 (quatorze mil reais), valores que já se encontravam em envelopes bancários para serem depositados. As diligências continuam a fim de identificar, localizar e prender os demais integrantes da associação criminosa, haja vista que dois criminosos já foram presos anteriormente em São Félix do Xingu!
GIRO DE NOTICIAS
Acinete de moto nessa tarde de Quinta Feira ceifa a vida de mais um Uruaraenses.

Justiça eleitoral Diploma os eleitos no município de Uruará para o pleito de 2017 há 2020

Em um evento fechado para o público e realizado para apenas convidados, o Cartório Eleitoral da 79ª
Zona realizou na noite desta Quarta Feira 07 de Dezembro, a Solenidade de Diplomação dos eleitos no município de Uruará nas eleições de 2016.
O Clube Socreca, foi palco da solenidade, com a presenças de autoridades locais, com a participação de apenas os convidados dos vereadores eleitos e do executivo. O evento não contou com a presença do presidente da câmara e vereador reeleito, Gedeon Moreira que esta de licença medica, e também a ausência do Vereador reeleito Rodoaldo Pacheco, que não justificou sua ausência.
12 suplentes de vereadores, foram diplomados juntos com os 13 vereadores eleitos, vice-prefeito Sidney Bueno (PT do B) e o prefeito eleito Gilson Brandão, (PMDB).

BELÉM: Ato conjunto repudia retaliações contra o MP e Judiciário

As entidades de classe que representam os membros do Ministério Público e os magistrados do Pará farão na sexta-feira (9) uma mobilização conjunta. O objetivo é alertar a sociedade para os perigos da
aprovação pela Câmara dos Deputados da emenda que prevê crime de responsabilidade a juízes e a membros do Ministério Público (PLS 280/16) e da desfiguração pela qual passou o projeto das Dez Medidas Contra a Corrupção (PL 4850/2016).
O deputado federal Joaquim Passarinho (PSD/PA), que presidiu na Câmara a comissão especial que tratou do projeto de lei das dez medidas, é um dos convidados confirmados. O evento está marcado para às 9h no auditório Nathanael Leitão, na sede do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), na Rua João Diogo, 100.
As associações que representam os promotores, procuradores e magistrados ressaltam que seus membros já possuem normas as quais estão submetidos em casos de eventuais desvios de conduta e não se eximem de debater qualquer assunto referente ao tema. E defendem que não é razoável que neste momento de instabilidade no país que uma norma como esta seja trazida à apreciação. A emenda aprovada acaba por inibir as atividades investigativas do Ministério Público e julgadora do Poder Judiciário, pois apresenta normas punitivas de conteúdo extremamente vago e abstrato.
São organizadores do ato a Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep) e a Associação dos Magistrados do Estado do Pará (Amepa) e também participarão representnates da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Associação dos Magistrados da Justiça do trabalho (Anamatra) e Ministério Público de Contas.
SERVIÇO
Ato a respeito das retaliações contra MP e magistratura
Dia 09/12/2016, às 9h, no auditório Nathanael Leitão, localizado no edifício-sede do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) – Rua João Diogo, 100.
Texto: Ascom da Ampep

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Servidor do TRE de Ruropolis tem prisão temporária decretada a pedido do Ministério público

PREFEITA ELEITA DA CIDADE DE PLACAS SUBORNA 
FUNCIONARIO DO TRE DE RUROPOLIS, PARA APROVAÇÃO DE SUAS CONTAS.
A justiça do município de Rurópolis acolheu a representação do Ministério Público, por intermédio do promotor de justiça Bruno Fernandes Silva Freitas e decretou prisão temporária do servidor Valmir José de Oliveira Vale Junior que trabalha no Tribunal Regional Eleitoral, pelo crime de prevaricação e corrupção passiva. As provas buscadas não poderão exceder a 5 dias. 
Raquel e se esposo ex-prefeito de Placas
De acordo com uma denúncia anônima que chegou ao Ministério Público, o servidor Valmir Junior estaria em negociação para dar parecer favorável à aprovação de contas da candidata eleita à prefeitura de Placas, Leila Raquel, entrando em contato por telefone, retardando ato de ofício enquanto negociava valores. 
"Segundo a investigação, o servidor, cobrou o valor de 11 mil reais da Advogada Edmária Oliveira Correia, para realizar e assinar parecer favorável à aprovação de contas da Prefeita eleita de Placas Leila Raquel Posimosser Brandão", conta o promotor Bruno Freitas.
Conforme o depoimento testemunhal, além da cobrança feita para aprovação das contas da prefeita eleita, o investigado também teria informado à advogada citado ao norte que estaria em posse do processo do vereador suplente eleito José Maria; mas quanto a este caso, o acusado não chegou a fazer cobrança à advogada. 
Testemunhas relatam ainda que, o acusado foi à lotérica no dia 2 de dezembro onde sacou um montante desconhecido pela testemunha, e que retornou no dia 5 do mesmo mês para efetuar um depósito de 2.400 reais, que foi divido em contas distintas, uma vez que o limite diário de depósito da lotérica é de 1.500 reais, sendo depositado 900 na própria conta do investigado. 
PEDIDO 
Após as denúncias deitas ao Ministério Público e diante da necessidade de se consolidar a denúncia anônima, a promotoria entendeu a necessidade de medidas cautelares de busca e apreensão: pessoal, domiciliar e a busca e apreensão do sistema de monitoramento da lotérica da cidade, bem como dos relatórios diários de movimentação dos caixas emitidos por cada terminal.
De acordo com o promotor, o sistema de monitoramento permitirá identificar o dia e horário em que o suspeito realizou depósito ou saque, e com extrato do relatório de movimentação do caixa se saberá qual a conta corrente/poupança movimentada, seja a que creditou, quanto a que houve saque, de titularidade do suspeito.
Além de buscas e apreensões foi solicitado o depoimento do acusado, para se tomar conhecimento o modo de execução do delito, o que justifica sua prisão temporária.
Para o promotor, a permanência do suspeito em liberdade certamente prejudicaria a coleta de provas pela autoridade investigante, bem como poderia vir a aliviar da aplicação penal, fugindo da comarca.
“Apesar das poucas provas abordadas ao requerimento, merece ser deferido o pedido formulado pela autoridade policial, além da necessidade de segregação provisória do suspeito, pois há fundada suspeita da participação do mencionado no delito”, afirma Bruno Freitas.
Texto: Michele Lobo Revisão: Edyr Falcão

JUSTIÇA DERRUBA MANOBRA DA VOLTA DO PREFEITO DE URUARÁ AO CARGO.

Poder Judiciário anula Decreto 006/2016 da Mesa Diretora da 
Câmara Municipal e Maris Nicolodi reassume o Cargo de Prefeita Municipal. 
O Juiz de direito Álvaro José da Silva Souza deferiu, uma ação popular com pedido de tutela interposta por um cidadão Uruaraenses, contra a decisão do presidente interino da câmara de Vereadores de Uruará, Amauri de Sousa Oliveira. Segundo o despacho, o Juiz destaca que, Amauri Vice -presidente da câmara de Vereadores, arquitetou manobras para viabilizar o retorno do prefeito ao cargo, aproveitando da ausência do presidente da casa de lei, editou um decreto legislativo de nº 006/2016 determinando o retorno do prefeito, sob alegação de ilegibilidade do decreto nº 005/2016, que havia afastado o prefeito do cargo.
O presidente interino Amauri de Sousa Oliveira, o Buxudo , logo apos o presidente da Câmara Gedeon Moreira pedir licença de dez dias, e o mesmo assumir a presidência da Câmara e como primeiro ato revogou o edital que afastava o prefeito do cargo. 
O prefeito Éverton vitória moreira (SD) foi afastado por improbidade administrativa pelo prazo de 50 dias para investigação de uma CPI instalada pela câmara municipal de Uruará.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

GIRO DE NOTICIAS
Veja essa situação, na ultima Sexta Feira um cidadão Uruaraense estava indo para seu trabalho por volta das 5 horas da manhã. Dois meliantes o abordaram no centro de Uruará, pedido seu Celular e dinheiro, a vitima desceu da motos para fazer a entrega do celular ao criminoso, onde a vitima reagiu e agarrou o meliante e começou a espancar com joelhada e socos. O comparsas fugiu e deixado o criminoso apanhando. Ate ai tudo bem, mas nessa Segunda Feira a mãe do criminoso deu parte na delegacia de policia Civil de Uruará, alegando que seu filhinho foi espancado e estava com o rosto todo desfigurado. A vitima compareceu há delegacia e deu explicações ao delegado.
Veja o mundo que vivemos! Vagabundo tem mais direito que um cidadão trabalhador.

02 ASSALTANTES SÃO MORTOS EM TROCA DE TIROS COM A POLICIA CIVIL DE URUARÁ

POLICIA CIVIL DE URUARÁ AGE RÁPIDO E 
DA  RESPOSTA A SOCIEDADE URUARAENSES
A Polícia Civil de Uruará desarticulou nessa noite de Segunda Feira uma quadrilha de assaltantes que vinha aterrorizando a população Uruaráenses. Na ação contra os marginais 02 meliantes foram
mortos e 01 ferido na troca de tiros com a policia, em estado grave.
Os Investigares Tadeu e Alexandre, escrivão Ivan no comando do delegado Walison Damascenos, realizaram a operação contra os criminosos que assaltaram uma Clínica Médica na cidade de Uruará no dia de ontem.
A policia identificou, Marandir Cavalcante Santos morador de Altamira, Bruno da Silva morador de Medicilândia esse foram Mortos no confronto com a policia, já outro elemento foi encaminhado para o Hospital Regional de Altamira em estado grave ainda não foi identificado.
Também estão preso 03 pessoas envolvidos no assalto, Luciano da Costa Duarte e sua Irmã Joice da Costa Duarte e o caseiro Cleison Souza
O assaltantes invadiram a clinica medica por volta das 11 horas do dia de ontem fazendo varias pessoas refém, entre clientes e funcionários, onde pertences das vitimas foram roubados e dinheiro do dono da clinica que foi submetido a tortura.

GIRO DE NOTICIAS
Bandidos trocam tiros com policia de Uruará, saldo 02  bandidos Mortos e 02 feridos, um com risco de morte. VEJA JÁ JÁ NO URUARÁ EM FOCO

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Acusado de grilagem é preso no Pará

Além de se envolver em fraudes de documentos para explorar ilegalmente área da 
União, Jevelis Panassolo estava ameaçando trabalhadores rurais assentados na cidade de Ruropolis.
A Polícia Federal prendeu o empresário Jevelis Grey Panassolo, acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ameaçar trabalhadores rurais assentados em Rurópolis, no oeste do Pará, para continuar a explorar ilegalmente área de assentamento da qual o empresário se apossou com uso de documentos falsos. Para fazer as ameaças, o empresário utilizava até equipe armada, denunciaram os assentados.
Realizada no final de novembro por determinação da Justiça Federal em Santarém, a prisão só foi divulgada nesta segunda-feira, 5 de dezembro, para preservação de sigilo processual. O empresário já entrou com pedido de soltura no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, e aguarda decisão.
O MPF, autor do pedido de prisão, acusa Panassolo e o pecuarista Ruy Villar de Lima Sampaio Júnior de terem grilado (tomado posse de terra pública por meio de fraudes em documentos) o imóvel denominado Fazenda Cachoeirinha, em Rurópolis.
Por meio de falsificação de certidão do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e da apresentação de informações mentirosas ao Tribunal de Justiça do Estado, Ruy Villar Júnior conseguiu que a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semas) fosse obrigada a aprovar um plano de manejo para a área grilada, apesar de o Incra e a Semas terem apontado uma série de provas da falsidade da certidão.
Segundo levantamento do Incra citado na ação pelo procurador da República Camões Boaventura, Ruy Villar Júnior e Jevelis Panassolo estão vinculados, direta ou indiretamente, a diversas denúncias de tentativas de apropriação de terras da União, extração ilegal de madeira e ameaças e conflitos com famílias assentadas.
Panassolo responde, ainda, por uma denúncia de crime de submissão de 11 trabalhadores a trabalho escravo.
O MPF pede à Justiça que Ruy Villar Júnior seja condenado a até 21 anos de prisão e multa pelos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica, uso de documento falso e fraude processual.
Para Panassolo o MPF pede à Justiça a condenação a 32 anos e seis medes de prisão e multa pelos crimes de uso de documento público falso, fraude processual, ameaça e desmatamento ilegal de 19 mil hectares.
Ministério Público Federal no Pará
Assessoria de Comunicação

GIRO DE NOTICIAS
Juiz analisa ação do Presidente interino Amauri, revogando o afastamento do Prefeito de Uruará apos a câmara de vereadores afastar o prefeito por 50 dias. Logo apos o presidente da Câmara Gedeon Moreira pedir licença de dez dias, Amauri de Sousa Oliveira, o Buxudo assumiu a presidência da Câmara e como primeiro ato revoga o edital que afastava o prefeito do cargo.

Posto de Saúde da Baixada é invadido, salas são reviradas e prontuários e medicamentos foram destruídos na cidade de Uruará.

Homem leva 03 facada em assalto no km 190, nessa manhã de segunda feira por volta das 7 horas uma homem que transitava pela rodovia Transamazônica foi surpreendido por assaltante que roubaram sua moto e esfaquearam. O homem foi socorrido para o hospital municipal de Uruará e passa bem.

MARGINAIS ATERRORIZA A CIDADE DE URUARÁ NESSA SEGUNDA FEIRA.

-Um homem de foi baleado nessa manhã de Segunda Feira por volta das 7:30 durante um assalto no centro da cidade de Uruará. O crime aconteceu em um canteiro de obras nas proximidades do Banco do Brasil, onde a vitima é responsável pela obra em construção.
O criminoso disparou 05 tiros contra a vitima que foi atingida por 03 tiros atingiu o abdômen do homem, que mesmo ferido conseguiu fugir do assassino. A vitima foi socorrida e encaminha para o hospital municipal de Uruará onde passou por uma cirurgia e passa bem. A policia esta investigando o caso onde caracteriza tentativa de latrocínio , pois a carteira da vitima foi roubada.
-Ainda no final dessa manhã de segunda-feira, 05, uma clínica no município de Uruará foi alvo de assalto. Segundo testemunhas, homens invadiram o local, amarraram funcionários e pacientes que aguardavam por atendimento, roubaram todos os pertences das vítimas e empreenderam fuga em sentido ignorado.O clima esta tenso na cidade de Uruará, onde a criminalidade ganha espaço a cada dia.
-Também na madrugada desse Sábado a casa do Marjo da Policia Militar em Uruará foi alvo de vários tiros em seu portão. Uruará passa pelos piores dias de sua historia com criminosos aterrorizando a população, lamentável a situação critica que atravessa a cidade de Uruará.

URUARÁ "PEGANDO": FOGO MORADORES FAZEM PROTESTO CONTRA REINTEGRAÇÃO DE CARGO DO PREFEITO BANHA

O Decreto legislativo 06/2016 que reintegrou o Prefeito Everton Vitória Moreira, o Banha, ao cargo na Cidade de Uruará foi recebido pelos munícipes como uma afronta aos desejos da sociedade e
responderam com protesto e ocupações de órgão administrativos do Município.
Desde o mês de o meado deste ano, o município tem enfrentado problemas com a administração municipal.
No dia 18 d agosto, moradores ocuparam a prefeitura e alguns manifestantes mais revoltados chegaram a depredar a casa do prefeito e na manhã desta segunda-feira (05), o povo voltou às ruas de Uruará e invadiram a Câmara de vereadores em protesto contra o decreto 06/2016 que reintegrou o Prefeito Everton Vitória Moreira ao cargo contra a vontade da população. Os manifestantes Eles, repudiam o ato dos três vereadores Manoel Ribeiro – SD, Amauri Sousa de Oliveira (BUCHUDO) – PSDB, Rodoaldo Pacheco - PR, que assinaram o decreto reintegrando o prefeito afastado, Everton Banha (SD) e, o gestor municipal por deixar os servidores com salários atrasados.
Fotos e informações: Cirineu Santos

VEJA LOGO MAIS: ASSALTO NO CENTRO DE URUARÁ NESSE INICIO DE MANHÃ, VITIMA É BALEADA. VEJA TAMBÉM HOMEM É ESFAQUEADO NO KM 190.

domingo, 4 de dezembro de 2016

REINAUGURAÇÃO DO MELHOR PROVEDOR DE INTERNET DA REGIÃO DA TRANSAMAZONICA.

A maior empresa de provedor de internet que mais cresce na Região da Transamazônica, vem a cada dia enovando e sempre investindo para melhor atender seus clientes. Na noite desse sábado dia 04 o
empresario Selestino Trevisan reinaugurou seu empreendimento, com novas instalações e uma praça também foi inaugurada, onde a população Uruaraenses terá mais um ponto de encontro para um bate papo. A pracinha Recebeu o nome de José Celestino Trevisan, Pai do empresário Selestino.
O provedor de Internet da Região(INTERLIG) e Juntamente com Reinauguração a população Uruaraense ganhou a mais bela ornamentação e iluminação natalina de todos os tempos de Uruará, onde a torre de aproximadamente 30 metro foi iluminada podendo ser avista dos 4 canto da cidade de Uruará.

DISCUSSÃO ENTRE VIZINHOS ACABA EM MORTE DE INOCENTE EM URUARÁ

Na noite de Sábado(03) por volta das 21:00 horas Aconteceu mais um homicídio no município de
Uruará. Júnior Gordo como era conhecido foi morto na frente da casa de seu primo por um Vizinho que atirou em seu peito. Segundo informações policiais o primo da vítima tinha discutido com o vizinho de prenome (Casa Grande) há alguns dias e ameaçado o mesmo.
No dia de ontem Casa grande disposto a matar o primo da Vitima ficou de campana próximo a casa onde o primo de Junior morava, foi quando a vitima chegou na residencia e de pose de uma cadeira se assentou na frente da casa acessando a internet em seu celular. O atirador em posse de uma arma potente disparou um tiro fatal a uma distancia de aproximadamente uns 10 metro, acertando o peito
Vitima
esquerdo da vitima, atravessando e saindo nas costa do lado direito. O Samu foi acionado mais ao chegar ao local do acontecido a vitima já estava morta.
A Polícia Civil do município ja esta investigando o caso, e destaca a dificuldade que esta encontrando, pois ninguém que se envolver, onde nem o nome verdadeiro do assassino não foi possível definir, apenas "Casa Grande" foi a nome apurado ate o momento afirma o investigador de Policia Tadeu. O investigador destaca que quer apreender a arma usada no crime, pois esta preocupado com o poder da arma e acredita ser um rifle 44 ou similar.

sábado, 3 de dezembro de 2016

URUARÁ PASSA PELA MAIOR OPERAÇÃO DE COMBATE AO DESMATAMENTO ILEGAL.

Dezenas de Caminhões e mais de 80 homens do exercito de Altamira estão na cidade de Uruará em Apoio a operação realizada pelo Ibama no município. Segundo informações a tropa do exercito foi destinada para a Cidade para transportar as madeiras que foram apreendida pelos ogarão fiscalizador Ibama.
A Operação "Onda Verde" do Ibama com apoio da Polícia Militar do Estado (PM) fechou 10 serrarias no município de Uruará e milhões em multas foram aplicadas. 
ESTAMOS NO AGUARDO DE MAIS INFORMAÇÕES...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Tiros, correria e pânico em São Félix do Xingu

Homens encapuzados fizeram um assalto durante a tarde desta sexta-feira (02), na Agência do Banco
do Brasil na cidade de São Félix do Xingu, Sul do Pará, o bando entrou na agência anunciando o assalto e se dirigiram ao cofre, encheram mochilas com dinheiro e fugiram em caminhonetas levando reféns.
Armados com fuzis e pistolas, eles dispararam tiros pelas ruas do centro de São Félix, houve correria e muitos comerciantes fecharam as portas imediatamente. A polícia militar na cidade esse municípios vizinhos se empenham na tentativa de capturar o bando. Não tem informações de feridos.
É a segunda ação criminosa em cidades do sul do Pará, na madrugada desta quinta-feira (01), uma empresa especializada em transporte de valores também foi alvo de bandidos, com ação parecida com a de hoje.
Por: Felype Adms e fotos Carlos Calaça

PREFEITO DE URUARÁ EVERTON E REEMPOSSADO AO CARGO.

Depois de ficar afastado do cargo de Prefeito do município de Uruará, por mais de 30 dias Everton
Vitoria Moreira, (SD), volta a cargo de prefeito do municipio de Uruará. Logo apos o presidente da Câmara Gedeon Moreira pedir licença de dez dias, Amauri de Sousa Oliveira, o Buxudo assumiu a presidência da Câmara e como primeiro ato revoga o edital que afastava o prefeito do cargo. onde há cinco sessões o parlamentar não aparecia na câmara.
Na madrugada do ultimo dia 10/11 ás 2:50 a câmara municipal de Uruará com a presença do Presidente da Câmara, Gedeon moreira Vereadores, Zenilson, Amaury de oliveira, Jackson Luiz Macedo, Édson, Gilmar, Macedo e Paulo Medeiro, determinou o afastamento do prefeito de Uruará.Por 09 votos o prefeito Éverton vitória moreira (SD) foi afastado por improbidade administrativa pelo prazo de 50 dias para investigação de uma CPI instalada pela câmara municipal de Uruará.
Nas redes Sociais a revolta é total vejas logo abaixo:
Rayllson Coothin Bando de vagabundos sem caráter, pra roubar o dinheiro dos servidores públicos ele não perdem tempo mas pra terminar uma abro parada como a gente ver muitas por ai ele nunca tem tempo
Marlene Oliveira Grigolo Gente a única coisa q consigo fazer agora é chorar...Jesus tenha misericórdia de nós, somos teus filhos,entra com uma providência divina porque nos homens não da pra acreditar. Age Senhor. Amém.
Livian De Sousa Buxudo miserável, pq a família dele não ta passando fome não significa que as famílias dos professores tenha que passar, indignação
Jucelia Aline Temos uma população adorável. .. Não sei porque ainda não estão soltando fogos com a volta do esmagador..
O que eu penso de tudo isso é que os vereadores bandidos que sempre estiveram do lado dele já tinham se reunido pra fazer o que fizeram. Foi tudo planejado. Gedeon e os demais são ratos e ratos se escondem. Gedeon se escondeu e passou a bola pro outro pilantra do Buxudo. O que vai acontecer todo mundo já sabe. Banha vai levar o resto do dinheiro e os ratos eles tão de bolsos cheios. Os que não se reelegeram querem mesmo e pegar a última pontinha. Não querem nem saber da cidade e da população que tá sofrendo destaca outro comentario.

Celpa divulga nomes das pré-selecionadas para o Energia Social

O projeto busca viabilizar obras de melhorias para 
instituições beneficentes de todo o Estado e Uruará é Contemplado.
De acordo com o edital para projetos sociais lançado em março deste ano, a Celpa divulgou os nomes das 11 instituições paraenses que passaram para nova etapa do Projeto Energia Social, que viabiliza obras para melhorias do sistema em infraestrutura em Organizações Sociais.
As instituições foram pré-selecionadas por meio de um comitê que envolve membros da concessionária de energia elétrica e representantes da sociedade civil. As organizações que serão avaliadas para fazer parte da próxima fase, são:
· Associação Caminhos do Emaús (Conceição do Araguaia).
· APAE (Marabá).
· Associação das Damas da Fraternidade (Castanhal).
· Instituto Peabiru (Belém).
· Congregação Das Irmãs Salesianas dos Sagrados Corações- Instituto Felipe Smaldone (Belém).
· Centro Integrado de Educação e Trabalho – Lar Fabiano de Cristo (Belém).
· Instituto Universidade Popular – UNIPOP (Belém).
· Associação Folclórica Artística Cultural Arara Vermelha (Uruará).
· Centro de Recuperação Alcool e Drogas Resgatando Vidas (Altamira).
· Associação Artístico Cultural Maestro Wilson Fonseca (Santarém).
· Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombo Umarizal (Baião).
A etapa das visitas, levará em conta condições estruturais das organizações, viabilidade de execução, potencial de continuidade e resultados. Posteriormente as organizações passarão por uma avaliação interna da Celpa e somente cinco projetos serão viabilizados pelo Investimento Social Privado da Companhia.
A Celpa entrará em contato com as instituições para agendar a visita técnica e explicar as próximas etapas da seleção.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Madeireiros têm prazo pra regularizar encargos trabalhistas em Uruará e Região.

MPT e MTE deram 90 dias para empresários regularizarem problemas.
Além do alto índice de acidentes, funcionários não tem carteira assinada.
O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) deram um prazo para empresários do setor madeireiro se regularizar na região da Transamazônica, no sudoeste do estado. Somente nas serrarias do município de Uruará, foram registrados 10 acidentes com uma
morte e cinco mutilações.
Uma reunião, realizada no município de Altamira, discutiu a redução da ocorrência de acidentes de trabalho nas serrarias e a garantia dos direitos trabalhistas dos funcionários do setor com empresários madeireiros de Anapu e Uruará.O prazo dado para as empresas se regularizarem é de 90 dias antes que sejam submetidas a uma fiscalização.
A atividade madeireira é considerada pelo MTE de risco elevado para a ocorrência de acidentes graves, que podem gerar mutilações e morte em acidentes com máquina usadas para extração de madeira e beneficiamento dos produtos.
O número de acidentes de trabalho de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Madeireira é alto. Nos últimos três anos no município de Uruará, que concentra a maior parte das serrarias, foram 302 acidentes de trabalhos nas 20 empresas ativas operando na cidade.
“Haverá um planejamento para 2017 do Sindicato e do Ministério Público do Trabalho para que a gente possa atuar nas fiscalizações. Eles vão ter as orientações, vai ser dado um prazo e se não cumprirem, as fiscalizações vão atuar”, revela a presidente do sindicato, Maria da Guia.
A informalidade também prejudica os trabalhadores do setor madeireiro, que não conseguem ter acesso a benefícios previdenciários. De acordo com o Sindicato, hoje operam em cinco municípios da região da Transamazônica pouco mais de 40 empresas madeireiras. Cada serraria emprega de 20 a 30 funcionários, mais de 60% deles não tem carteira assinada e recebem o pagamento por diárias.
Para os empresários, a crise econômica é o motivo para o não pagamento dos encargos trabalhistas.
“Realmente nosso maior problema é termos a carteira assinada dos funcionários. Há um ano eu demiti todos os meus funcionários e dei baixa na carteira deles. Hoje eu só trabalho com diária. Nós temos que encontrar uma solução para o trabalho feito com as diárias e se a gente não conseguir um acordo infelizmente são as empresas a fechar as portas”, comenta o empresário, Jarbas Ferreira.
G1-Pa

TRACUATEUA: Prefeito e secretário são afastados após ação cautelar do MPPA

Após pedido do Ministério Público do Estado em ação cautelar, a Justiça estadual afastou o prefeito de Tracuateua, Aluízio de Souza Barros e o secretário de Educação, José Junior Souza Barros por falta de transparência nas contas públicas e fraudes em procedimentos licitatórios. A medida, requerida pelo promotor de Justiça Bruno Beckembauer, é preparatória e antecede ação de improbidade administrativa que será movida contra os gestores afastados, servidores públicos e empresários.
“Em dezembro de 2015 a Promotoria de Justiça recebeu representação de moradores de Tracuateua denunciando falta de transparência e fortes indícios de que as empresas “Brasmar” e “Gardunho” estariam sendo beneficiadas nas licitações do município”, relatou o representante do Ministério Público.
Durante a apuração dos fatos o promotor de Justiça Bruno Beckembauer encontrou diversos casos de procedimentos licitatórios com graves irregularidades, como cartas convite, inexigibilidades de licitação, tomadas de preços, dispensas de licitação.
Além disso, o prefeito e o secretário criaram várias dificuldades para que a Promotoria tivesse acesso aos procedimentos licitatórios, como expedientes confusos, informações desencontradas, dados insuficientes e limitados e demora no atendimento das requisições, com indícios de “montagem” indevida dos processos licitatórios, tentando comprometer as provas de possíveis ilegalidades.
Além do afastamento dos dois gestores, o juiz de Bragança Francisco Jorge Gemaque Coimbra atendeu pedido do MPPA e determinou a imediata suspensão de todo e qualquer pagamento do Município às empresas Brasmar e Gardunho.
Texto: Edyr Falcão

MAIS UM ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL NA BR 230 ENTRE BRASIL NOVO E MEDICILÂNDIA

ESTE É O TERCEIRO ACIDENTE REGISTRADO NO TRECHO EM APENAS SEIS DIAS
O acidente aconteceu na Rodovia Trasamazônica, BR -230, por volta das 13:00 horas desta quarta-
feira na altura do km 48 em frente à entrada da vicinal 15 no município de Brasil novo no Sudoeste do Pará e envolveu uma caminhonete SW4 e um carro de passeio modelo Escort com placa de Itupiranga-GO. O Motorista do Escort era Natanael de Jesus Nogueira da Silva e morreu no local e sua companheira, identificada apenas por “CARLA” foi levada pela Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU para o Hospital Municipal de Maria José Biancardi e em seguida encaminhada para o Hospital Regional Público da Transamazônica com algumas fraturas. Já Edinaldo Fernandes de Sousa, motorista da caminhonete teve ferimentos leves e também foi encaminhado para o Hospital do município apenas para observação e passa bem.
De acordo com informações de populares, os dois trafegavam no mesmo sentido e o acidente teria sido ocasionado por imprudência do motorista do Escort que teria tentado uma ultrapassagem e ao se desviar de outro veículo acabou se chocando com a traseira da caminhonete e com o choque os dois perderam o controle dos veículos e capotaram. No Escort estavam a mulher, o homem (Provavelmente cônjuges) e três cachorros. No impacto a mulher foi arremessada para fora do veículo e o homem ficou preso nas ferragens. Dois dos animais morreram e o outro foi adotado por um homem que mora próximo da onde ocorreu a acidente. Edinaldo Fernandes, que é de Santarém e trabalha como vendedor saiu sozinho de dentro do veículo após o ocorrido. Ninguém soube dizer de onde era o casal que ocupação o carro de passeio. A placa é de Itupiranga no Estado de Goiás e estava carregado de Pneus Usados. 
O corpo foi removido pela equipe do IML de Altamira onde aguarda pela família.
Este é o terceiro acidente no mesmo trecho da Transamazônica, o segundo com vítima fatal, em apenas seis dias. O primeiro aconteceu na sexta-feira (25), quando um casal morreu e uma criança sofreu fratura na perna e oura pessoa ficou ferida e o outro acidente aconteceu no domingo quando veículo capotou caindo dentro da vala feita pela empresa responsável pelos trabalhos de recuperação da BR 230 próximo à Brasil Novo no sentido Medicilândia na no trecho conhecida como Ladeira da Onça. 
Por: Valdemídio Silva

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

TJ do Pará decreta a prisão de ex-prefeito de Terra Santa filiado ao PSDB

Carlinhos Bentes, presidente do PSDB, foi condenado a 6 anos de prisão em regime semi aberto
À unanimidade, no dia de ontem, 29, a 2ª Câmara Criminal Isolada, do TJ (Tribunal de Justiça) do Pará decretou a prisão do ex-prefeito de Terra Santa Raimundo Carlos Figueiredo Bentes, após o réu ter recurso de apelação negado.
O juiz de primeiro grau condenou, em novembro de 2009, o ex-gestor municipal a 6 anos de prisão, em regime semiaberto, e perda de direitos políticos por 5 anos, em razão do desvio de verbas públicas.
Carlinhos Bentes, como é mais conhecido, é o atual presidente do PSDB em Terra Santa. A esposa dele, Eliana Bentes, foi vice-prefeita na chapa de Doca Alburquerque, do PSD.
O relator da apelação, desembargador Ronaldo Valle, lembrou que o ex-prefeito havia sido condenado por infração aos incisos 1, 3 e 4 do Decreto Lei 201/67, que configurou várias irregularidades, entre elas, deixar de investir 60% do Fundo de Educação da Educação Básica (Fundeb) na capacitação do magistério.
E ainda, não ter repassado o valor retido do funcionalismo municipal ao Instituto de Previdência e ausência de processo licitatório e comprovante de empenho referentes a diversas notas de empenho.
O magistrado frisou ainda que em nenhum momento a defesa “questionou os fatos que levaram a condenação do réu”, mas somente a suposta “ausência de defesa técnica”, o que implicaria em anulação do processo.
No entanto, após análise dos argumentos, o relator concluiu que o réu havia sido “devidamente instruído por advogado durante o curso da ação penal, tendo o referido profissional atuado em todos os atos processuais”, e que “foram rigorosamente observados os princípios de ampla defesa e do contraditório”.
O relator ressaltou ainda que o próprio Supremo Tribunal Federal (STF) já decidiu que “no processo penal, a falta de defesa constitui nulidade absoluta, mas a sua deficiência só o anulará se houver prova de prejuízo para o réu”.
Desta forma, o desembargador negou provimento ao recurso, determinando a prisão para o cumprimento imediato da pena.
O entendimento também foi acompanhado pela revisora da apelação, Vânia Bitar, que voltou a enfatizar que a deficiência na defesa por si só, não anula o processo. O voto foi acompanhado à unanimidade.
Com informações do TJ do Pará e Blog do Jeso

Ibama fecha serrarias que extraíam madeira em terras indígenas no PA

Empresário que escondeu 200 toras também foi preso durante operação.
Madeira encontrada não condizia com o Plano de Manejo Florestal.
A Operação "Onda Verde" do Ibama com apoio da Polícia Militar do Estado (PM) fechou três
serrarias no município de Placas, oeste do Pará. De acordo com o órgão, duas delas recebiam madeira diretamente de Terras Indígenas (TI), na região da Rodovia Transamazônica. Durante a operação, um empresário, dono de uma das madeireiras foi preso. Ele escondeu 200 toras de madeira dentro da mata na tentativa de enganar os fiscais.
A madeira era oriunda da TI Cachoeira Seca, uma área de aproximadamente 700 mil hectares, onde vivem indígenas da etnia Arara. A TI fica localizada entre os municípios de Placas e Uruará. “Fomos até a Terra Indígena, onde fizemos o levantamento durante dia e noite e constatamos extração de muita madeira”, destacou o agente ambiental do Ibama, Gil Dobrado.
De acordo com a gerente regional do Ibama, Maria Luiza Sousa, os madeireiros preferem as árvores das TI por conta do valor. “Elas tem um valor imensurável. São árvores de extremo valor econômico e que são pontuais. Essa retirada é feita por madeireiros que se aproveitam da extensa a área”.O Ibama chegou até as serrarias após um trabalho de investigação realizado pelo departamento de inteligência do órgão. Foram verificados dados a partir do Sistema de Documentação Florestal (DOF), Sistema Florestal do Estado (Sisflor). Na área foram localizados pontos de extração seletiva.
Segundo as investigações do Ibama, a madeira chegava em Placas pela rodovia Transamazônica. As serrarias fraudavam os documentos do plano de manejo florestal. A madeira encontrada nas serrarias
não condizia com o que estava descrito no documento.
O próximo passo da operação é chegar até as pessoas responsáveis por emitir o documento de plano de manejo florestal fraudado. Uma vez que, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) é quem autoriza o procedimento.
Operação Onda VerdeO empresário preso pode pegar pena máxima de até quatro anos. O crime é afiançável.
A operação atua em pontos estratégicos para coibir a ação dos infratores e responsáveis por crimes ambientais e o desmatamento ilegal na Amazônia, principalmente em áreas que já foram apontadas como críticas pelas ações de monitoramento. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) realiza a Operação "Onda Verde", em parceria com a Polícia Militar do Estado (PM).
Do G1 Santarém, com informações da TV Tapajós

terça-feira, 29 de novembro de 2016

MARAPANIM: Vice-prefeita acusada de desviar 6 milhões é afastada e presa

O juiz Sávio José de Amorim Santos determinou o afastamento do cargo e a prisão preventiva da
Maria Edinaide
vice-prefeita de Marapanim, Maria Edinaide Silva Teixeira. A decisão foi divulgada na última sexta-feira, 25. No mesmo dia Edinaide foi presa em um bar da cidade. A denúncia por crime de responsabilidade foi oferecida pela promotoa de Justiça de Marapanim, Síntia Quintanilha Bibas Maradei.
Edinaide Teixeira é acusada pelo Ministério Público do Estado de provocar um prejuízo financeiro na ordem de mais de 6 milhões de reais à administração pública do município durante o período que esteve à frente da prefeitura. Entre as irregularidades cometidas pela vice-prefeita está o desvio de dinheiro público ao praticar saques e transferências bancárias sem justificativa nem amparo legal, apropriação de dinheiro em proveito próprio e utilização de cheques não nominais, entre outros crimes.
Segundo a promotora de Justiça de Marapanim, Sintia Bibas Maradei, que pediu na justiça o afastamento e a prisão da vice-prefeita, por conta de todos esses desvios o município encontra-se em colapso em todas as áreas de gestão pública básica. “Não há recursos para o implemento das atividades cotidianas da máquina administrativa e o salário dos servidores está atrasado”, disse a promotora.
Texto: Assessoria de Imprensa MPE

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

CONVENÇÃO OESTE DO PARA É REALIZADA EM URUARÁ

IGREJA DE DEUS EM URUARÁ REALIZA CONVENÇÃO OESTE DO PARA.

Aconteceu nos dias 25,26 e 27 de Novembro na Igreja de Deus no Brasil em Uruará, um dos maiores evento dos oeste do Para realizado pela Igreja de Deus, onde contou com Centenas de Pessoas vindo de Caravanas de outros municípios. Com nova estrutura, onde a Igreja Central passou por uma reforma com ampliação do templo para abrigar um grande evento da Igreja na cidade de Uruará.
Com o Tema "A REVITALIZAÇÃO DA IGREJA" onde a uma necessidade urgente para a Obra de Deus a ação do espirito santo, onde sem a presença, com o poder e a unção do espirito Santos a igreja sera com um vale de ossos secos , destaca o Pastor da Igreja Central de Uruará e Anfitrião Pastor Rosivan Cordovil.
O evento contou a a presença Pastor do Denismar de Tucumã; Supervisor Estadual Bispo Altino de Colmeia/Tocantins; Pra. Iêda Diretora Estadual Ministério da Mulher; Supervisor Regional Bispo Francisco de Manaus e Pra. Marinez Diretora Regional do Ministério da Mulher; Bispo Oumirando de Brasil Novo e Pra. Mauricéia de Brasil Novo e o Cantor Jerry Adriano de Tucumã.
O Ministério dos Senhores de Uruará levantaram os fieis e deixaram a todos pasmos com a bela apresentação, com o tema Paulo e Silas na prisão, levando a todos as lagrimas e muitos aplauso.

sábado, 26 de novembro de 2016

PORTO DE MOZ: Operação do MPPA e CGU investiga desvio de recursos públicos

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) e a Controlaria Geral da União (CGU) deflagraram na manhã desta quinta-feira (24), operação no município de Porto de Moz para combater
irregularidades na gestão da prefeitura. Já são seis meses sem pagar o funcionalismo público e há suspeitas de desvio dos recursos da saúde e educação. Além de autorizar a operação, a Justiça acatou o pedido cautelar da promotora de Justiça titular de Porto de Moz, Juliana Nunes Félix e determinou o afastamento do prefeito Edilson Cardoso, da secretária de Assistência Social Eliana Lima (esposa do prefeito) e do secretário de Saúde Faraday Varejão, para garantir a instrução processual do feito.
Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na sede da prefeitura, na fazenda e residência do prefeito, nos prédios das secretarias de educação e saúde e residência de secretários e sedes de empresas no município de Porto de Moz, sendo que uma das empresas alvo fica está localizada em Ananindeua. Como o processo corre em sigilo o nome dos envolvidos não será divulgado.
Um servidor da prefeitura foi preso após ter sido encontrada uma arma em sua residência. Na fazenda do prefeito também foram encontradas outras armas.
“Encontramos a prefeitura abandonada, falida, não havia nenhuma pasta de processo licitatório, o que aumenta a suspeita de desvio de recursos públicos. A investigação é oriunda de um procedimento instaurado pela PJ de Porto de Moz, que teve o nosso apoio”, disse o procurador de Justiça Nelson Medrado.
Pelo Ministério Público do Estado, além de Medrado e da promotora de Justiça titular de Porto de Moz, Juliana Nunes Félix, participaram da operação os promotores de Justiça do Núcleo de Combate à Improbidade Administrativa e Corrupção (NCIC) e do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco): Luiz Alberto Almeida Pressoto (Pacajá), Francisco Charles Pacheco Teixeira (Tucuruí), Carlos Alberto Fonseca Lopes (Novo Repartimento), Juliana Palmeira e Antônio Manoel Cardoso Dias (Altamira). Participaram também da operação quatro auditores da Controladoria-Geral da União.
Texto: Edyr Falcão, Foto: GAECO e NCIC

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

O PREFEITO DE URUARÁ CONTINUA AFASTADO DO CARGO.

A Desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães negou o agravo de instrumento em favor do prefeito afastado, Everton Vitória Moreira (SD) para voltar ao cargo de prefeito de Uruará. O Prefeito afastado, protocolizou petição, manifestando desistência do recurso. É o sucinto relatório. Município de Uruará, sob alegação de perda do objeto. A desistência da ação, causa de extinção do processo sem resolução de mérito, nos termos do art. 485, VIII, do NCPC, ¿é ato unilateral do autor (incondicionado ou condicionado) pelo qual se abre do processo como meio de solução do litígio.¿1 No caso dos autos, o pedido de desistência foi formulado antes da citação da parte ré, sendo, por isso ato unilateral, levará à extinção do processo, independentemente de manifestação do integrante do polo passivo da demanda, face a ausência de formação da relação processual no presente feito.
Decido. Trata-se de pedido de desistência da ação pelo
A desistência da ação é uma faculdade conferida ao autor que pode ser exercida até a prolação da sentença e, se requerida antes da citação da parte ré, dispensa sua anuência. 2. É indevida a condenação em honorários advocatícios se o autor desiste da ação antes de citados os réus. Precedente do STJ. 3. Apelação não provida. ¿APELAÇÃO - AÇÃO RENOVATÓRIA DE CONTRATO DE LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL COM PEDIDO DE ANTECIPAÇÃO DE TUTELA - Desistência da ação -Recurso prejudicado. (TJ-SP - APL:00089672120108260281 SP 0008967-21.2010.8.26.0281, Relator: Claudio Hamilton, Data de Julgamento: 05/03/2013, 27ª Câmara de Direito Privado, Data de Publicação:09/03/2013) Diante do exposto, homologo o pedido de desistência manifestado, pelo Município de Uruará


FALTA DE QUÓRUM SESSÃO EXTRAODINARIA É CANCELADA

A sessão extraordinária na Câmara de vereadores para votação da abertura, que estava marcada para essa manhã de Quarta Feira dia 23 não foi possível aconteceu por falta de Quórum.
A sessão era para abrir mais uma Comissão Processante para investigar atos de improbidade administrativa do prefeito afastado, Everton. Com a Presença de apenas 06 vereadores, onde dos 13 parlamentares, com a presença de nove vereadores poderia dar continuidade a votação da abertura CPI, com pedido de afastamento do prefeito de Uruará. A câmara de Vereadores pretende afastar novamento o prefeito  de Uruará, onde há rumores que o mesmo esta recorrendo da decisão da Câmara e pode voltar a qualquer momento.

Na madrugada do ultima dia 10/11 ás 2:50 a câmara municipal de Uruará com a presença do Presidente da Câmara, Gedeon moreira Vereadores, Zenilson, Amaury de oliveira, Jackson Luiz Macedo, Édson, Gilmar, Macedo e Paulo Medeiro, determinou o afastamento do prefeito de Uruará.Por 09 votos o prefeito Éverton vitória moreira (SD) foi afastado por improbidade administrativa pelo prazo de 50 dias para investigação de uma CPI instalada pela câmara municipal de Uruará.
A população de Uruará-Pá ficou assustada após receber a noticia que o TJE/PÁ, através da Desembargadora Gleide Pereira de Moura, nesta terça feira dia (08/11/2016) determinou o retorno do prefeito Everton Vitoria Moreira, (SD) o Banha, após ter ficado 12 dias afastado do seu cargo. Diante disso a População de Uruará se revolta com o retorno do prefeito ao cargo, e o não pagamento dos servidores, e ateia fogo enfrente a casa do presidente da Câmara de Uruará.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Justiça consegue encontra prefeito Juvenil e notifica outros acusados

Finalmente os oficiais de justiça conseguiram notificar os acusados: prefeito de Altamira, Domingos
Juvenil, seu vice Joel Mendes e o assessor de articulação da prefeitura Madson Rabelo. Os intimados, são acusados de terem utilizado o poder econômico e a máquina pública em favor da campanha do atual prefeito de Altamira, nas ultimas eleições municipais. 
A denúncia foi feita por uma funcionária pública ao Ministério Público e a Polícia Federal, que entregou uma série de documentações comprovando a denúncia. Com a intimação, os acusados terão um prazo de cinco dias, a partir de hoje, para apresentar suas defesas.A Justiça não tem prazo para concluir o processo, mas caso haja uma sentença judicial em desfavor dos acusados antes da diplomação, o atual prefeito e seu vice ficarão impedidos de assumir os cargos para a próxima Gestão 2017/2020. 
(Por: Wilson Soares)

LADRÕES SÃO PRESOS EM FLAGRANTE PELA POLÍCIA CIVIL E CONFESSAM ROUBO EM URUARÁ (PA)

Nesta segunda -feira (21 de Novembro), três pessoas foram presas em flagrante na cidade de Uruará
(PA). O nacional, Jhemerson Fernandes Da Silva, conhecido como “Bombado” e o nacional, Danilo Rodrigues Da Silva, por assalto a mão armada e Abraão Ferreira Oliveira por receptação.
Entenda o caso: Jhemerson e Danilo assaltaram uma adolescente de apenas 14 anos de idade e venderam o celular roubado por R$ 100,00 (cem reais) para Abraão. A vítima compareceu na delegacia e registrou o boletim de ocorrência. Através das características repassadas, a equipe de plantão da Polícia Civil, comandada pelo delegado Rubens Matoso, começou as investigações e no final da manhã de ontem, conseguiu chegar até os suspeitos que confessaram o crime e levaram os civis até o receptador. Com Abrão a policia encontrou o celular da vítima e os três foram presos em flagrante. Após a prisão dos suspeitos, várias vítimas compareceram na delegacia e reconheceram Jhemerson e Danilo como autores de assaltos realizados no município, uma faca estava em posse da dupla. O bem recuperado foi devolvido à proprietária e os suspeitos ficaram detidos e hoje serão encaminhados para a audiência de custódia.
Por: Suene Olivera

Deputado quer CPI de Belo Monte após construtora confessar cartel

O deputado federal Arnaldo Jordy (PPS-PA) quer recolher assinaturas para criar uma CPI na Câmara
dos Deputados para investigar a construção da Usina de Belo Monte, no Pará. Na quinta-feira (17), a construtora Andrade Gutierrez confessou ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) a existência de um cartel, juntamente com a Odebrecht e a Camargo Corrêa, para a realização das obras e para a operação da usina.
O Tribunal de Contas da União verificou sobrepreço de mais de R$ 3 bilhões nas obras de Belo Monte.

EQUIPE DO DETRAN FAZ OPERAÇÃO NO TRÂNSITO DE URUARÁ

DETRAN DEVE FICAR EM URUARÁ ATÉ QUARTA-FEIRA, 23 DE NOVEMBRO
Segundo informou o Agente de Transito, José Carlos, o Detran ficará no Município de Uruará até quarta-feira, 23 com o objetivo de conscientizar e orientar condutores. “O foco principal de nossa abordagem é a questão de documentação em atraso, habilitação, e, o uso do capacete de segurança, porque entendemos que o uso do capacete é equipamento de uso obrigatório, visando a preservação da vida”, explicou o agente, em entrevista, nesta segunda-feira no Programa Regional Comunidade da Rádio Regional 91.3 FM.
Segundo ainda informou o agente, além da orientação e blitz que serão realizadas, a equipe fará um seminário na quarta-feira, 23, no auditório da Prefeitura a partir das 9:30 horas, com a presença do Executivo, Policias Civil e Militar, Câmara Municipal, Poder Judiciário, Ministério Público, para esclarecer dúvidas a população.
“Nossas blitz serão educativas. Orientaremos a importância da documentação, transferência, veículos com licenciamento em atraso ou veículos que estão sem placa. Caso houver algum veículo roubado, ou com descargas descaracterizadas, ai teremos que agir no rigor da lei”, esclareceu.
Por Cirineu Santos.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Onda de assaltos deixa a população apavorada no município de Uruará

QUASE TODOS OS DIAS TEM VITIMA DE ASSALTO NA CIDADE DE URUARÁ.
A população de Uruará está apavorada com uma onda de assaltos, que cresceu significativamente nos últimos dias. Assaltantes usando motos, armado de facas estão fazendo arrastões nos últimos dias na cidade, onde os assaltantes colocam a faca no pescoço das vitimas levando celulares, dinheiro e outros pertences. Um dos alvos dos meliantes esta sendo os salões de beleza, onde o vagabundo ver a frangibilidade das mulheres que frequentam esses recintos. Os meliantes sempre usam motocicletas e segundo informações das vitimas as motos são sempre, POP. A policia destaca que sempre executa prisões dos meliantes, mas a justiça manda soltar.

domingo, 20 de novembro de 2016

MULHER É ENCONTRADA MORTA COM O ROSTO NA CIDADE DE BRASIL NOVO

A autônoma Maria Adileuda de Lima de 54 anos, foi encontrada morta no final da manhã deste sábado (19), em Brasil Novo, cidade a 46 km de Altamira no sudoeste do estado. 
O corpo estava despido e o rosto da vítima totalmente desfigurado, crianças que tomavam banho no Igarapé do Arrependido a 3 km do centro da cidade foram apanhar manga e encontraram o cadáver. Segundo perito Edivaldo Castro do CPC Renato Chaves possivelmente a mulher foi morta com disparos de arma de fogo de grosso calibre, a polícia civil também suspeita de que ela tenha sofrido violência sexual.
O corpo foi removido pelo IML após os levantamentos do local de crime, à delegacia de Brasil Novo vai apurar o caso. Na última vez que Adileuda foi vista, ela estava na companhia de um homem em frente a uma casa de shows da cidade. A polícia civil vai refazer os últimos passos da vítima de acordo com as informações de testemunhas, para tentar elucidar o caso.
Maria Adileuda deixa três filhos, o crime chocou a pacata cidade que fica às margens da BR230.
Por: Felype Adms (com informações de Valdemídio)