segunda-feira, 20 de abril de 2015

Padrasto suspeito de estuprar e matar enteada em Novo Progresso esta preso em Itaituba

A Policia Civil do município de (Novo Progresso) transferiu para Itaituba Aguinaldo Pereira da Silva
de 34 anos, ele é (suspeito) de estuprar e matar sua enteada Antônia Claudiane de Sousa Silva de 13 anos. O fato aconteceu no município de Novo Progresso no oeste do estado. A estudante desapareceu na terça feira, 14, quando a mesma saiu de casa para ir para a Escola João Carlos Batista e não retornou mais para casa. No mesmo dia os familiares da jovem começaram a procurar pela mesma. O fato foi comunicado na delegacia de policia civil que entrou no caso, o desaparecimento da jovem mobilizou a cidade. Logo após o desaparecimento da jovem o padrasto ainda ajudou nas buscas, mas depois de alguns depoimentos inclusive de Aguinaldo que segundo o delegado entrou em contradição e foi detido para uma investigação mais detalhada. Depois de uma intensa procura feita pela família o corpo da jovem foi encontrado pelo tio da vitima, o corpo estava despido e com uma corda no pesco em um local. A morte da estudante causou muita revolta nos moradores de Novo Progresso que ameaçaram invadir a delegacia de policia e atear fogo no local, temendo uma invasão o delegado da cidade transferiu Aguinaldo para Itaituba. Na manhã desta segunda feira, 20, Aguinaldo deu uma entrevista à imprensa e negou ter cometido o crime, na entrevista ele pede que o casão seja investigado, alegou que pode pagar por um crime que não cometeu.

sábado, 18 de abril de 2015

URUARAENSE COMETE SUICÍDIO EM PRESIDIO DE BELÉM

Homem com problemas mentais comete suicídio em presidio de Belém
Um Homem de 49 anos cometeu suicídio na manha dessa Sexta Feira no presidio de Belém, a vitima que tinha sido encaminhado para a Capital do estado do Para para Tratamento  psiquiatra  a 02 meses por ordem da Justiça de Uruará. Segundo informações a vitima usou um lençol para cometer o suicídio, amarrando no pescoço e se enforcando. A vitima foi enquadrado na lei Maria da PENHA, por ameaçar sua ex-mulher, onde a vitima estava separado a cerca de 10 anos, mas o mesmo não se conformava com a separação ocasionando assim um disturbo mental, onde a vitima também se embriagava ocasionando alguns conflitos com a ex-mulher que não o deixava ver os filhos. Diante da situação de conflito a vitima foi preso por 03 vezes pela policia de Uruará, onde o Juiz da comarca de Uruará transferiu o mesmo para exames e tratamento psiquiatra na capital na Paraense.
A família destaca que vai rever os direito e entrar com uma ação na Justiça, pois a vitima estava no poder do Estado e toda responsabilidade sob a vida da vitima cabe o estado.


  

Estado do Pará foi condenado em ação que pede 02 Defensores Públicos para a Comarca de Uruará.

A Defensoria Pública do Estado e subsidiariamente o Estado do Pará, foram condenados a nomear dois Defensores Públicos para a Comarca de Uruará, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00, sendo que a determinação da sentença tem aplicação imediata, carecendo somente a intimação dos requeridos. A ação foi movida em 2009 pelo Ministério Público do Estado, naquela época representado pela Promotora Ely Soraia Silva Cezar.
No curso do processo, o Estado nomeou o Defensor Marcos Antônio dos Santos Vieira, o que fez com que a ação perdesse por um momento o ímpeto, no entanto, com a transferência do referido Defensor para a Comarca de Itaituba em 2013, a defensoria ficou novamente sem representante na Comarca de Uruará ensejando a sentença desfavorável ao Estado.
Com a sentença espera-se que o Estado tome providências na nomeação de representantes da Defensoria Pública, o que beneficiará mais de noventa mil pessoas, que é a população aproximada dos municípios de Placas e Uruará juntos, municípios estes que fazem parte da Comarca.
Na ação o MPE argumentou que “a Comarca de Uruará que abrange os municípios de Uruará e Placas encontra-se sem Defensor Público há meses”.
Na sua decisão o Juiz de Direito Titular da Comarca de Uruará, Vinícius de Amorim Pedrassoli, disse que “é o dever do estado do Pará em prestar a assistência jurídica aos necessitados mediante implementação da Defensoria Pública na Comarca de Uruará”.A comarca de Uruará tem um total de 6.199 isso com fechamento ate o dia 30/09/2014. 
A Tutela Antecipada foi deferida pelo Juiz para que a decisão tenha efeito imediato.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Atuais prefeitos podem ficar no cargo até 2018

PREFEITO DE URUARA PODERÁ FICA NO CARGO ATE 2018
Grande barulho nos corredores do Congresso Nacional fica por conta da unificação das eleições para 2018. Caso realmente seja aprovada a unificação das eleições, que atualmente ocorrem em períodos diferentes, com dois anos de diferença, os atuais prefeitos ficarão no cargo por seis anos.
A proposta em discussão na Câmara Federal mantém em quatro anos o tempo de mandato para cargos majoritários, como presidente, governador e prefeito, mas defende o fim da reeleição para cargos do governo. Para cargos do Legislativo a reeleição foi mantida, com quatro anos de mandato.
Ainda em tempo, de acordo com texto em discussão na Câmara prevê que na eleição de 2018 o voto será facultativo, a coincidência das eleições municipais e estaduais, a definição de teto de despesa para a campanha eleitoral e mudanças na forma de eleição dos deputados federais.
Entretanto, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) precisa ser aprovada no plenário da Câmara em dois turnos, com 308 votos favoráveis. Só então, segue para análise do Senado.Sendo aprovado ate o final do mês de Setembro a nova reforma política o cenário político de 2016 deixa de existir, onde em 2018 haverá eleição única para presidente da República, governadores, deputados estaduais, federais, senadores, prefeitos e vereadores.

CURRALINHO: Condenados ex-prefeitos e ex-vice-prefeito acusados de improbidade administrativa

O juiz Ricardo Borges acolheu, na última segunda-feira (6), o pedido do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), representado pela promotora de Justiça Ociralva de Souza Farias Tabosa, intentado em Ação Civil Pública por improbidade administrativa contra os ex-prefeitos Miguel Pedro Pureza Santa Maria e Álvaro Aires da Costa e o ex-vice-prefeito Mosaniel Vieira da Costa, no município de Curralinho, norte do Estado e condenou os envolvidos nas sanções previstas na lei de improbidade.
Os ex-prefeitos de Curralinho, Miguel Pureza e Álvaro Costa, foram acusados de improbidade administrativa por terem investido servidores em cargos efetivos sem a prévia aprovação em concurso público válido. O ex-vice-prefeito Mosaniel da Costa também responde por improbidade, pois assinou portarias falsas de nomeação para esses servidores enquanto exercia referida função em 2004.
Os réus foram notificados para apresentarem manifestações preliminares, tendo essas sido rejeitadas. Eles alegaram, inclusive, da inexistência de qualquer irregularidade nas portarias e decretos de nomeações, a exemplo de servidores que teriam passado de servidores temporários para efetivos.
Na decisão, o ex-prefeito Miguel Santa Maria foi condenado com multa no valor de 20 mil reais e suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 5 anos. O ex-prefeito Álvaro da Costa foi condenado a multa de 10 mil reais e a suspensão dos seus direitos políticos pelo prazo de 4 anos. Para o ex-vice-prefeito Mosaniel da Costa ficou estabelecida a pena de multa no valor de 15 mil reais, perda da função pública de vereador municipal e a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 4 anos.
Também foi determinado à Prefeitura Municipal de Curralinho que proceda a imediata exclusão de duas servidoras do quadro do município, em decorrência da nulidade dos decretos de nomeação.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

VEJA EM BREVE COM DETALHES COM NOME E FOTO DO INDIVIDUO: PASTOR ESCANDALIZA SEU MINISTÉRIO FAZ A TROUXA É PEGA O BECO. 

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Jovem quebra pescoço ao cair em uma vala em uma rua de Uruará

Vala assassina deixa família enlutada em Uruará 

Na madrugada dessa Quinta Feira por volta de 1 hora o Jovem de 21 anos Edson Junior Caetano de Barros caiu em uma vala no Bairro Vila Brasil em Uruará, vindo assim quebrar o Pescoço tendo morte fatal.
A Tragedia aconteceu quando o Jovem vinha de seu trabalho em sua moto e ao passar em uma travessia de uma rua, onde a secretaria de Viação e obrar fez uma reparo na referida rua deixando uma vala para que a água, trafegar com facilidade perdeu a estabilidade e caiu.



quinta-feira, 9 de abril de 2015

CULPADO PELA MORTE DE ZEZE BIANCARDE JÁ ESTA NO PRESIDIO DE ALTAMIRA.

Acácio Lorenzoni, acusado de ser o mandante do crime que seria contra Monica Biancardi e terminou
na morte de Maria José Biancardi a Zezé, foi transferido de Brasil Novo onde cumpria prisão domiciliar para cadeia pública em Altamira, a transferência foi realizada no final da tarde desta quarta feira é realizada pelo delegado que preside o caso, Mario Sastre.
"Apesar do suspeito continuar negando, ele é na verdade o principal apontado como mandante do crime" Disse Sastre.
a decisão judicial é preventiva, a solicitação foi feita pelo Advogado da família Biancardi, Joaquim Freitas.
"Todos os relatos do autor dos disparos apontam para esse acusado como mandante, é necessário que a justiça o mantenha preso em carceragem da SUSIPE até que sejam apurados os detalhes do crime" Disse Freitas. Por Felyp Adm

Executiva do DEM aprova fusão do partido com o PTB

Há resistências à fusão entre membros dos dois partidos, mas a maioria das executivas do DEM e do
PTB defendem a união para dar “fôlego” às siglas 
Senador Ronaldo Caiado é contra fusão do DEM com o PTB
Principal crítico do governo federal, o DEM deve formalizar nos próximos meses a sua fusão com o PTB, partido que integra o governo da presidente Dilma Rousseff. O comando nacional do DEM aprovou nesta terça (7), por 21 votos a 4, a continuação das conversas para a união das duas siglas, que valerá nas eleições municipais de 2016 se for aprovada em definitivo.
Apesar de o PTB ser atualmente da base de apoio do governo Dilma, o presidente do DEM, José Agripino Maia (RN), afirma que não há possibilidade de o partido mudar a postura de oposição à gestão do PT. “Está no acordo feito previamente com o PTB o atestado de que o partido terá a orientação política que o Brasil conhece. Prova disso é que manteremos os nossos atuais líderes da Câmara e do Senado”, afirmou o senador.
O PTB tem atualmente o comando do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Anterior. O ministro Armando Monteiro Neto ameaça deixar o PTB, caso a fusão seja aprovada.
Há resistências à fusão entre membros dos dois partidos, mas a maioria das executivas do DEM e do PTB defendem a união para dar “fôlego” às siglas –que vêm reduzindo suas bancadas nos últimos anos, com dificuldades também de eleger governadores e prefeitos.
No acordo com o PTB, ficou acertado que o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) e o deputado Mendonça Filho (DEM-PE) vão manter os cargos de líderes da nova sigla. Os dois são conhecidos pelos críticos discursos ao governo Dilma, embora Caiado seja pessoalmente contrário à fusão com a nova sigla. “É triste ver a tese de Lula prevalecer: o Democratas sendo extirpado pelo próprio partido. Como 26 deputados oriundos do PTB vão votar com o governo e 21 do Democratas serão oposição? Não dá pra eu participar e conviver com essa fusão. Não vou deixar de lado princípios e doutrina partidária. Vou lutar dentro do Democratas contra a fusão”, afirmou o líder.
Em defesa da fusão, Agripino afirma que a união é necessária para garantir a sobrevivência do DEM, que viu sua bancada encolher gradativamente nos últimos anos na Câmara e no Senado. Se a fusão for confirmada, o novo partido será o quarto maior da Câmara, somando pelo menos 43 deputados –já que alguns ameaçam deixar a nova legenda.
“Vamos ter eleições municipais, poderemos ser tragados nesse processo que está por vir. O PTB é um partido que está francamente a caminho da oposição. Queremos uma aliança que aumente a nossa musculatura”, disse Agripino.
A expectativa do comando do DEM é que a fusão seja aprovada pelos dois partidos nos próximos dois meses. Até lá, representantes das duas siglas vão continuar as costuras nos Estados em busca de apoio para a união das legendas, especialmente em locais onde não há consenso em torno da fusão.
Folhapress

quarta-feira, 8 de abril de 2015

CURRALINHO: Justiça afasta prefeito após ACP movida pelo Ministério Público

No último dia 6, segunda-feira, a Justiça estadual julgou procedente o objeto da Ação Civil Pública (ACP) por improbidade administrativa impetrada pela promotora de Curralinho, Ociralva de Souza Farias Tabosa, contra o atual prefeito José Leonaldo dos Santos Arruda.
A sentença do juiz Cornélio José Holanda determina que além de perda da função pública e suspensão dos direitos políticos pelo prazo de 05 anos, o pagamento de multa cível no valor de 20 mil reais.
"É inegável a obrigação legal do município em instalar e manter em funcionamento o Conselho Tutelar local, provendo-o de recursos materiais e humanos, além de arcar com a remuneração dos conselheiros eleitos”, afirma o juiz Cornélio Holanda.
Prossegue ainda o magistrado: “Entendo que o gestor municipal deliberadamente descumpriu as condições do TAC, deixando de realizar a reforma do prédio sede do Conselho Tutelar do município, iniciando apenas uma pequena reforma que não chegou a concluir, em uma vã tentativa de enganar o Ministério Público e a Justiça, sob a falsa alegação de que estaria, cumprindo o TAC, e creditando para si a doação de veículo e equipamentos realizada pelo governo federal por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), restando claro o dolo em sua conduta.”

Entenda o caso

Em agosto de 2012, o município de Curralinho havia firmado um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), comprometendo-se a realizar melhorias no Conselho Tutelar do município.
A improbidade, segundo entendimento do juiz, ocorreu devido ao não cumprimento do TAC, afrontando o Princípio da Legalidade que impõe ao município a obrigação de oferecer infraestrutura mínima para funcionamento do Conselho Tutelar e de cumprir com os TAC’s firmados.
No referido acordo o município teria que disponibilizar equipamentos e realizar melhorias nos seguintes prazos: em trinta dias deveria disponibilizar para o Conselho Tutelar uma linha telefônica fixa, um microcomputador com impressora multifuncional e acesso a internet via banda larga; no prazo de sessenta dias deveria alugar um novo imóvel para funcionamento do Conselho Tutelar, fornecer um armário para arquivo com chave, dez cadeiras e duas mesas; e no prazo de doze meses deveria reformar e recuperar o imóvel sede do Conselho Tutelar.
O juiz realizou Inspeção Judicial na sede do Conselho Tutelar do município em 05 de dezembro de 2014 e constatou que a obra não fora concluída.
Defesa
O prefeito alegou que as dificuldades da realidade local e o curto período de sua gestão eram as razões para o não cumprimento do TAC. Além disso, disse que não houve disponibilidade financeira para cumprir integralmente o TAC, mas entende que as principais demandas foram atendidas.

ATENDIMENTO BANCÁRIO DEIXA POPULAÇÃO DE URUARA IRRITADA

Dezenas de Reclamações estão circulando pela cidade de Uruara a respeito do atendimento bancário no município, filas e mais filas nas agencias Bancarias, falta de dinheiros nos caixas eletrônicos. Mas o destaque em reclamações e aborrecimento dos cliente esta direcionado ao Banco Bradesco, que vem tumultuando o atendimento com uma equipe de profissionais muito reduzida. A carência no atendimento vem a cada dia crescendo, onde a maioria dos aposentado estão usado o serviço da agencia para sacar seus proventos de aposentadorias ocasionado assim imensas filas. Diante de uma agencia de tamanho muito reduzido, a demora nos atendimento deixa os clientes, em logas horas na fila deixam-os muitos irritados com a falta de compromissos com os clientes.

Veja o tamanho da falta de compromisso com os clientes


Celpa muda escritório e não coloca nada para identificar o local de atendimento. Lamentável ver que diante de um péssimo serviço prestado pela empresa, ainda tentam dificultar o atendimento as clientes nem ao menos uma placa para identifica foi colocada.

terça-feira, 7 de abril de 2015

Polícia Civil apresenta autores da chacina da fazenda Estiva em Conceição do Araguaia

A Polícia Civil apresentou nesta segunda-feira, dia 6, na Delegacia-Geral, em Belém, os dois irmãos
piauienses Antonio Bernardo dos Santos Pereira, conhecido como "Tonho", e Genival dos Santos Pereira, conhecido como "Jhone", acusados de serem os executores da chacina no Assentamento da Fazenda Estiva, zona rural de Conceição do Araguaia, sudeste paraense, em 16 de fevereiro deste ano. O casal de agricultores Leidiane Souza Soares, 30 anos, e Washington Miranda Muniz, 42, e seus filhos Júlio César Souza Muniz, 11; Wesley Washington Souza Muniz, 15, e Samylla Letícia Souza Muniz, 12, e do sobrinho do casal Matheus Sousa Barros, 14, foram mortos a golpes de facão e tiros. O crime foi motivado por disputa por lote de terra entre ocupantes.
A apresentação dos presos foi realizada durante entrevista coletiva a jornalistas, presidida pelo delegado-geral, Rilmar Firmino, com as presenças do secretário adjunto de gestão operacional da Secretaria de Segurança Pública, coronel Hilton Benigno; do diretor de Polícia do Interior, delegado João Bosco Rodrigues; dos delegados Antonio Miranda, superintendente da Região do Araguaia Paraense, e Valdivino Miranda, diretor da Delegacia de Conflitos Agrários de Redenção, e do coronel Simão Salim, subcomandante do Comando de Operações Especiais da PM do Pará. A família vivia em um lote disputado por dois irmãos, conhecidos como "Oziel" e "Oliveira", que teriam abandonado a área, mas estariam querendo o terreno de volta. As investigações colocaram os irmãos como suspeitos inicialmente de terem contratado pistoleiros para matar a família, mas, no decorrer da apuração do caso, o envolvimento dos dois no crime foi descartado.
Para o delegado-geral, com as prisões, o caso está encerrado. Os presos irão ficar recolhidos em unidades do Sistema Penitenciário do Pará, no Complexo de Americano, em Santa Isabel do Pará, nordeste paraense. Na entrevista coletiva, o delegado Antonio Miranda prestou detalhes sobre a chacina. Ele apurou que, no final da tarde de 16 de fevereiro, por volta de 18 horas, Antonio e Genival foram até a casa de Dorvillê Azevedo Belém, de apelido Cabeça, que lhes forneceu as armas do crime, um revólver calibre 38 e uma espingarda calibre 32. Depois, os irmãos seguiram até o barraco da família Muniz, na fazenda Estiva, onde simularam um incêndio com a intenção de retirar a família do local e atraí-los para uma emboscada.
Presos apresentados em entrevista coletivaAs vítimas foram amarradas com cordas e obrigadas a caminhar em fila indiana por quase três quilômetros em direção ao leito do rio Estiva, onde fica a casa de outro envolvido no crime, Batista Gomes Nascimento, conhecido como "Neto". Foi no leito do rio onde as vítimas foram mortas. Todos foram obrigados a se deitar no leito do rio e depois passaram a ser esfaqueados pelos acusados com os facões. O casal foi morto a tiros e ainda com cortes de facão. Os filhos foram mortos a golpes de facão no pescoço e depois tiveram as cabeças esmagadas. Uma das vítimas lutou e teve os braços cortados. Já outro conseguiu mergulhar no rio para tentar escapar da morte, mas acabou morto por afogamento por Genival. Os corpos foram jogados no rio. Para facilitar o afundamento dos cadáveres, os criminosos usaram facões para abrir a barriga das vítimas. Após a comunicação da Policia, na manhã do dia seguinte ao crime, equipes do 10º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Redenção foram acionados para ajudar nos resgates dos corpos de dentro do rio.
As buscas aos criminosos contaram com apoio do helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) e trabalho de perícia do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. No mesmo dia, "Cabeça", um dos acusados, foi preso acusado de dar apoio aos executores. Ele foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, pois, com ele, uma das armas de fogo, usada no crime, foi apreendida. Durante as investigações, diversas pessoas, na condição de testemunhas, foram ouvidas em depoimento pelo delegado Valdivino Miranda, titular da Delegacia de Conflitos Agrários (DECA), de Redenção. Entre elas, Batista Gomes Nascimento, de apelido "Neto", que desapareceu depois de prestar depoimento sem deixar qualquer informação sobre seu paradeiro.
No dia 22, a Polícia Civil solicitou à Justiça a prisão preventiva dos acusados do crime. As ordens judiciais foram decretadas no dia seguinte. Nesse mesmo dia, "Neto" foi preso por ordem judicial. O trabalho de investigação contou com apoio do Núcleo de Apoio à Investigação de Redenção. Em 1º de abril, Antonio Bernardo, o "Tonho", foi preso na fazenda 3 Irmãos, localizada numa área conhecida como "Travessão", às margens do rio Araguaia, em Floresta do Araguaia, sul do Pará. A prisão de Antonio foi realizada durante operação policial que contou com integrantes do Batalhão de Conceição do Araguaia, sob o comando do major Daniel Dias; da Superintendência da Região do Alto Xingu, sob comando do delegado Gabriel Costa, além de homens do Grupo Tático Operacional (GTO) de Redenção, após os policiais fecharem o cerco na fazenda 3 Irmãos. As investigações mostraram que Antônio e Genival estavam escondidos em um grupo de colonos nessa fazenda, em Floresta do Araguaia.
Já Genival Pereira, o "Jhone", foi preso, no dia 2, no terminal rodoviário da cidade de Araguaína, por policiais militares e civis do Pará e do Tocantins, no momento em que pretendia fugir. Segundo o delegado Antonio Miranda, "Jhone" é um nome falso criado por Genival Pereira, quando foi preso, em Eldorado dos Carajás, sudeste paraense, após ter morto um mototaxista. Na época do crime, o acusado conseguiu fugir e estava com mandado de prisão decretado pela Justiça do município. Ele já respondia também a outros dois processos criminais por roubo e tentativa de homicídio, no Estado do Piauí, de onde também é foragido.

sábado, 4 de abril de 2015

MANDANTE DO CASO ZEZÉ BIANCARD ESTA FORAGIDO.

Tarde deste sábado (03/04), Com a prisão do assassino confesso de Maria José Biancardi a Zezé e todo o caso da morte da Secretária de Ação Social desvendado, Acácio Lorenzoni acusado de ser o mandante de encomendar a morte de Monica Biancardi, fugiu de casa em Brasil Novo onde cumpria prisão domiciliar.  Segundo o assassino confesso, Francisco Josué da Silva Rodrigues de 28 anos, Acácio teria encomendado à morte de Monica por 8 mil reais, após o crime Francisco recebeu apenas 3 mil reais, pois teria atirado no alvo errado, matando com 3 tiros Maria José Biancardi, a Zezé.
As policia civil e militar do Pará agora estão em busca de Acácio Lorenzoni. Por: Felype Adms

POLICIA PRENDE ASSASSINO DA EX VEREADORA ZEZE BIANCARDE

Francisco José Assassino
Acácio, Mandante
Policia prende assassino da ex vereadora de Brasil Novo, Maria José Biancarde, Francisco José da Silva Rodrigues, morador da cidade de Uruará, assassinou com 3 tiros a ex- vereadora de Brasil Novo.  Segundo informações o acusado confessou o assassinato a mando do sogro da irma de Zeze . Diz ter recebido 8 mil reais pra efetuar a execução. ele confessou que o mandante foi o Acacio, e o alvo seria a Mônica, irmã de Zeze.
Participaram da operação um agente da Policia Federal Nilton, Delegado da Policia Civil, Silvio Brito, os investigadores Silvio Alex e Sergio Tomaz, eles contaram com apoio da NAI de Santarém.O assassino está sendo conduzido para delegacia de polícia civil de Brasil Novo, Mais informações a qualquer momento.

VAI E VOLTA NA ENERGIA FORNECIDA PELA REDE CELPA TÁ VIRANDO PALHAÇADA.

A População de Uruará já esta de saco cheiro com o vai e vem na energia elétrica fornecida pela rede Celpa. O descaso vem acontecendo a muito tempo, no município de Uruará e Região, diante da má prestação de serviços, a Celpa vem mostrando que não tem compromisso com os consumidores. Nos últimos dias o vai e vem na energia vem deixando toda a população de Uruará irritados e preocupados com os apagões repentinos, onde equipamentos são danificado com as quedas de energia. O descaso acontece todos os dias, 3 a 5 vezes no período diário, onde os consumidores estão pagando o maior aumento na energia do mundo, onde assim tem o maior serviço precário. Diante dessa situação a coisa esta ficando dificio, pois se voltar-mos aos tempos do lampião a querosene, a coisa piora pois o combustível também virou ouro! Só garanto uma coisa, o consumidor ta igual ao eleitor, só presta para 02 coisas, para as grandes empresa e os políticos, 1º votar e 2ª toma no ...

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Polícias Civil e Militar prendem maranhense acusado de arrombar imóveis em Rurópolis

As Polícias Civil e Militar retiraram das ruas do município de Rurópolis, sudoeste paraense, um
homem acusado de cometer arrombamentos em residências. O maranhense Fábio Henrique de Moraes Nascimento, natural de Pedrinhas (MA), foi preso durante investigações coordenadas pelo delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho, na madrugada desta quarta-feira, 1º. Conforme o policial civil, os furtos com arrombamentos praticados pelo acusado aconteciam nos horários de repouso noturno. A guarnição da Polícia Militar sob o comando do soldado Marlio Sousa Serra conduziu o criminoso até a Delegacia logo após ele ter cometido um arrombamento em uma casa localizada no centro da cidade.
Dali, ele furtou uma bicicleta. Na Delegacia, durante o interrogatório, o delegado descobriu que, pelo modo de agir, ele era autor de outros arrombamentos não só em residências, mas também em lojas de celulares. "Não restou outra saída a não ser ele confessar a autoria, inclusive de revelar ter furtado no mês anterior, durante a madrugada, 18 celulares do interior de uma loja no município, e de tê-los vendido nas cidades vizinhas", apurou o policial civil.
Após investigações, a equipe policial localizou uma espingarda, roupas e alimentos furtados de dentro de uma chácara pelo acusado. Foi lavrado auto de prisão em flagrante por crime tipificado no artigo 155, do Código Penal, por furto com arrombamento. "Policiais civis e militares intensificarão as diligências para prevenir crimes contra o patrimônio e contra a pessoa no município", garantiu o delegado.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Reintegração de posse é realizada no Município de Placas

Nessa tarde de Quarta-Feira 01 de abril, cerca de 30 famílias, foram surpreendida por policiais  e oficias de Justiça em uma reintegração de posse no município de Placas. A área invadida pertence a prefeitura de Placas, que depois de muita negociação com os invasores entrou com uma ação na justiça, para reaver a área que destinada para a construção de um estadio de Futebol. Cerca de 30 família estiveram que retiras seus pertence as pressas onde as maquinas da prefeitura, estava demolindo as casas construídas, com o apoio de policias Militares de Civis.
No dia 22 de Janeiro deste ano cerca de 36 famílias invadiram o terreno onde foi iniciada a construção do Estádio municipal de Placas, os moradores declararam que o terreno que está abandonado desde o ano de 2008, e estava se tornando um local frequentado por vândalos a noite, e a prefeitura á sete anos não efetuava uma limpeza no local desde quando foi iniciado a construção do campo ainda no governo de Santo Pereira.
A reintegração de posse para retirada das 30 famílias da área deu inicio por volta das 15 horas, onde os mesmos se encaminharam para casas de amigos e parentes para se abrigar com seus filhos. Foto Acelmo Costa.

EMPRESARIO URUARAENSSE MORRE NO HOSPITAL REGIONAL DE ALTAMIRA

Depois de luta pela própria vida o empresario Uruará Ronaldo foi vencido pelo AVC.
Ronaldinho sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), na tarde de sábado dia 28 e foi encaminhado de avião para o Hospital Regional de Altamira e permaneceu em estado grave onde nessa manhã de 1º de Abriu foi vencido pelo AVC.
Segundo informações o corpo do empresario será encaminhado para Imperatriz - MA, sua terra natal. Ronaldinho deixa esposa e 02 filhos, Larissa Dutra e Robert Dutra.

terça-feira, 31 de março de 2015

Após aprovação na CCJ, redução da maioridade penal será debatida no Congresso

Proposta vai ser analisada por comissão especial e depois irá ao plenário da Casa, onde precisará do voto favorável de 3/5 dos parlamentares
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aceitou hoje (31) a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 171, de 1993, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos. O deputado federal Marcos Rogério (PDT-RO) apresentou voto em separado, pela admissão da PEC, que foi aprovada por 42 deputados, tendo 17 contrários. A proposta foi aprovada após a rejeição do relatório do deputado l Luiz Couto (PT-PE), que considerava a proposta inconstitucional, por 43 votos contrários, ante 21 favoráveis.
Para Marcos Rogério, não há nenhum impedimento à tramitação da norma. “A Constituição Federal é feita para gerações. Não pode, portanto, ser vedada a alterações exigidas pela própria população. Não se pode abolir o instituto da maioridade penal, mas é possível sim reduzir essa idade”, defendeu. Um dos argumentos do voto dele é que a redução objetiva "evitar que jovens‬ cometam crimes‬ na certeza da impunidade‬". Votaram contra a redução da maioridade os deputados do PT, Psol, PCdoB, PSB e PPS. Já os parlamentares do PSDB, PRB, PSD, PR, DEM, PV foram favoráveis. O Solidariedade, o PDT e o Pros liberaram suas bancadas. O deputado Felipe Maia (DEM-BA) comemorou a aprovação. “Estamos dando um passo à frente na redução da violência”, afirmou. Para ele, não se pode mais esperar, pois houve 21 anos de debate sobre a PEC 171. “Já naquele momento a pauta estava em sintonia com os desejos da população”, completou.
gora, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – favorável à proposta –, deve criar uma comissão especial para analisar a proposta. O grupo terá o prazo de 40 sessões do plenário para fazer o trabalho. Depois disso, o projeto tem de passar por duas votações plenárias, em que deve ser aprovado por 3/5 dos parlamentares (308 deputados).
Aprovada, a matéria vai para o Senado, onde será analisada pela CCJ da casa e terá de passar por mais duas votações e ser aprovada por 54 senadores. Se o texto for alterado, a PEC volta para a Câmara. O processo só termina quando as duas casas concordarem sobre a redação final da proposta.
Movimentos sociais estão organizando campanhas em todo o país e nas redes sociais para esclarecer a população sobre a situação de vulnerabilidade da maior parcela da população jovem do Brasil. “Precisamos sair desse lugar comum de dizer que não existe punição e que a lei não funciona. Existe sim a responsabilização. Só que a lei nunca foi aplicada em sua plenitude. E não é jogar o texto fora e colocar os jovens em cadeias comuns que vai resolver o problema”, afirmou o militante da União de Núcleos de Educação Popular para Negros e Classe Trabalhadora (Uneafro) Douglas Belchior.

segunda-feira, 30 de março de 2015

EMPRESARIO DE URUARÁ SOFRE AVC

O Empresário Uruaraense ,Ronaldinho da R Mangueiras está internado desde de Sábado em estado grave na unidade de terapia intensiva (UTI), no Hospital Regional de Altamira. Ronaldinho sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC), na tarde de sábado e foi encaminhado de avião para o Hospital Regional de Altamira e permanece em coma, onde seu estado é considerado grave mas estável. A esposa de Ronaldinho  Marta Pereira Agradece a todos os amigo que ligam e estão confortando nesse momento difícil e pede desculpas a não poder atender a todo diante do acontecido.
O empresario atua no mercado de auto peças para motores no município de Uruará a mais de 5 anos.

Final de semana violento em Itaituba: Servidor da Câmara é assassinado com mais de 10 facadas

No início da tarde de hoje foi encontrado no entroncamento da rodovia Transamazônica com a estrada de Barreiras o corpo do servidor da câmara municipal de Itaituba Abel Asnério da Silva Vidal. Ele foi morto com facadas nas costas, pescoço e parte frontal, aproximadamente 18 perfurações na vitima.
As polícias Civil e militar estiveram no local para levantamento das circunstâncias do crime. O IML fez a perícia no local e encaminhou o corpo para o Centro de Perícias onde o será melhor examinado.
Fonte: blog Rota Policial de Itaituba

sábado, 28 de março de 2015

Cansada de ser roubada mulher mata ladrão em Juruti

Elidiana Guimarães matou assaltante e depois fugiu. Polícia está à sua procura
O fato aconteceu na cidade de Juruti, no Oeste do Pará, na manhã de sexta-feira, 27/03. A senhora Elidiana dos Santos Guimarães não aguentava mais ser roubada, perdeu a paciência e meteu fogo no peito do suspeito que vinha, segundo ela, lhe furtando há vários dias seguidos.
O rapaz foi alvejado com um tiro de espingarda no quintal da casa de Elidiana. Segundo informações de testemunhas, Elidiana estaria desconfiada que o rapaz lhe furtou uma certa quantidade de confecção que a mesma vendia e, numa conversa que teve com a vítima houve um desentendimento e ela o matou com um tiro no peito, depois fugiu para um sítio. A Polícia continua as buscas e segundo o delegado de Juruti, Dr. Erick Peterson, a qualquer momento a matadora poderá ser presa. Fonte: O Impacto e Edy Portel

quinta-feira, 26 de março de 2015

------------NOTA DO BLOG URUARA EM FOCO------------

Venho por meio desse destacar a repercussão do texto publicado sobre "Pastores escandaliza o Evangelho" , onde alguns pastores de verdade ficaram preocupado com a matéria veiculada, mas quero declarar aqui minha ira contra esse lobos vestido de ovelhas e dizer que o texto publicado não generaliza a todos, pois existe aqui em Uruará e em todo Brasil verdadeiros Pastores, que merecem todo respeito e admiração. Portanto o foco do texto publicado e especifico para os verdadeiros mercenário, onde as mascaras estão caindo por terra.
Tenho a pura certeza que esse falsários de Pastores devem se converter e não ficar denegrindo a imagem dos verdadeiros homens de Deus.

quarta-feira, 25 de março de 2015

POLICIA DE BRASIL NOVO,DIVULGA FOTO DO ASSASSINO DE ZEZE BIANCARDI

O Serviço de Inteligência da Polícia Civil de Brasil Novo divulgou na manhã desta quarta-feira (25), a foto do suspeito de ter sido o autor dos disparos que matou a Secretária Municipal de Trabalho e promoção Social e Ex-Vereadora do Município de Brasil Novo, Maria José Biancardi.
O Crime aconteceu na noite do dia 13 de março quando a secretaria foi alvejada com 03 tiros  por um homem que chegou à residência da mãe da vítima, onde ela estava perguntando pela irmã dela e em seguida disparou várias vezes contra ela que morreu no local.
O principal suspeito de manda executa   Maria José Biancarde, Acácio lorenzoni, foi logo no outro dia do acontecido, onde Acacio foi encaminhado para a delegacia de Policia Civil de Altamira, por motivo de segurança, onde por ser uma pessoa idosa e muito doente a justiça determinou o acusado aguarde em prisão a domicilio ate que os fatos sejam esclarecidos.
Foto e informação: Policia Civi

BELÉM: MPPA reúne com órgãos públicos e clubes discutem estratégias de segurança para o REPA

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) promoverá reunião nesta quinta (26), no auditório da Infância e Juventude do MP, para discutir a organização e estratégias de segurança visando o clássico de futebol entre o Clube do Remo e Paysandu Esporte Clube (REPA). O jogo deverá ser realizado no próximo domingo (29) pelo Campeonato Paraense de Futebol no Estádio do Mangueirão, bairro do Benguí, periferia de Belém.
Participarão do evento, além dos promotores de Justiça Domingos Sávio, Nilton Gurjão e Joana Chagas Coutinho, representantes dos Clubes Remo e Paysandu, Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB), Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), Secretaria municipal de Economia (Secon), Federação Paraense de Futebol (FPF), Secretaria municipal de Urbanismo (Seurb), Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos do Pará (Aclep), Tribunal de Justiça (TJ) e Juizados.
                                     Ministério Público do Estado do Pará
                                            Assessoria de Imprensa

Padre que matou ciclista é liberado após pagar fiança de R$ 5 mil

O padre George Miranda Gomes, 37 anos, acusado de dirigir alcoolizado e matar uma pessoa atropelada nessa segunda-feira (23), foi liberado após pagar fiança de aproximadamente R$ 5.500,00. Ele responderá o processo em liberdade.Segundo informações da Polícia Civil, o padre foi autuado por homicídio culposo, omissão de socorro e alcoolemia ao volante na Delegacia de Castanhal. 
Ele seria encaminhado ao centro de detenção do município, mas a juíza de plantão em Castanhal atendeu ao pedido da defesa e emitiu alvará de soltura em favor do acusado (considerando elementos como o fato dele ser réu primário, ter residência fixa, dentre outros) mediante o pagamento de fiança.
Após o pagamento, realizado ainda na noite de ontem, Jeorge Gomes foi liberado para responder ao processo em liberdade. Ele retornou à Diocese de São Miguel do Guamá e permanecerá à disposição do judiciário.  Tiago Silva/Diário do Pará e Polícia Civil)

terça-feira, 24 de março de 2015

                                                       Nota à Imprensa

A Polícia Federal em Altamira/PA, vem  informar que os horários de atendimento ao passaporte, tanto para solicitação quanto para a entrega, só será realizado nas terças e quintas-feiras nos seguintes horários: 8:00 às 12:00 / 14:00 às 17:00hrs.

Comunicação Social da Polícia Federal em Altamira
Contato: (93) 3515-5889

PASTORES ESCANDALIZAM O EVANGELIO

Além de bandidos são excelentes atores enganando simples inocentes fieis, com palavras bonitas e
ate mesmo com obras interesseiras. São zombadores, canalhas, mercenários e não e pecado destacar a verdade dessa corja de bandidos. São Bodes velhos enviados do carniceiro que se intitula-se Pastores, e se tornam, salafrários e oportunista, pregando palavras bonitas, mas as mesmas eles não vivem. Alguns se prostitui ate com suas servas, outros compram e não pagam, são mentirosos, outro se embriagam de bebidas alcoólicas escandalizando, suas igrejas e a sociedade.
Estas mazelas que atingem nossos familiares e amigos, onde esse enganadores usam o nome de Deus, para enganar, roubar, mentir,saquear,destruir e ate matar. Diante de milhares de homens de Deus, que são dignos de serem Pastorem, esses canalhas difamam e denigre os verdadeiros Pastores.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Polícia Civil apresenta parte do grupo criminoso responsável por roubo a banco em Placas

A Polícia Civil apresentou na manhã de hoje, dia 23, na Delegacia-Geral, em Belém, três presos por
 Fernando,Wellington e Cleisson
envolvimento no roubo ao Banco da Amazônia do município de Placas, região Oeste do Pará, ocorrido no último dia 12. Fernando de Matos Oliveira, 21 anos; Cleisson Silva Duarte, 25, e Wellington Almeida Costa, 31, foram localizados, na sexta-feira passada, em Uruará. Os presos foram transferidos, no final de semana, para a capital paraense, onde permanecerão presos à disposição da Justiça. Com eles, cinco armas de grosso calibre foram apreendidas e também trazidas para Belém. Ao todo, seis homens envolvidos no assalto em Placas já estão presos.
Dois deles - Keulesson Vieira dos Santos e Francisco Alves de Lima - foram capturados, no sábado passado, em Altamira, e permanecem na região. O outro preso, Marcos Silva Duarte, natural de
Marcos Silva
Altamira, foi baleado e preso logo após o assalto ao banco em Placas. Ele não foi transferido para Belém, pois teve de passar por uma cirurgia. Marcos é irmão do preso Cleisson apresentado em Belém.  Além das armas, uma caminhonete usada no assalto foi apreendida em Uruará. Somando os sete presos por envolvimento no assalto ao Banco do Brasil, em São Geraldo do Araguaia, e os acusados do roubo em Placas, já são 13 assaltantes de bancos presos neste ano no Pará.
Keulesson e Francisco 
O armamento apreendido em Uruará - três espingardas calibre 12, uma metralhadora calibre 9 mm e um fuzil calibre 762 - foi encontrado enterrado em uma plantação de cacau, na zona rural do município. A apresentação dos presos foi presidida pelo delegado João Bosco Rodrigues, diretor de Polícia do Interior da Polícia Civil; delegado André Costa, diretor da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO); investigador Célio Salvador, de Uruará, e major Kleverson Firmino, comandante do Comando de Operações Especiais (COE), da PM do Pará.
Fernando, Wellington e Cleisson foram presos durante operação policial iniciada após uma abordagem feita pelos investigadores de Uruará, Célio Salvador e Silvio Alex, na rodovia
Transamazônica, na quinta-feira passada. Os policiais civis suspeitaram de três homens que trafegavam na rodovia em duas motos e uma caminhonete Saveiro.
Ao darem sinal para a parada dos veículos, os homens atiraram em direção aos policiais civis e saíram em fuga. A perseguição aos criminosos teve início à altura do Km 140 da rodovia, onde os policiais receberam apoio de policiais militares da Rotam, da equipe do Comando de Operações Especiais (COE) e da PM de Uruará. De acordo com o delegado André Costa, o assalto ao Banco da Amazônia em Placas trouxe características diferentes de outros assaltos na modalidade conhecida como "novo cangaço" ou "vapor". Desta vez, explica o policial civil, foram pessoas da região de Altamira os autores do crime e não integrantes de células de grupos organizados oriundos no nordeste brasileiro. Outra diferença é que, pela primeira vez, houve registro de revide por parte de policiais militares, que trocaram tiros com os assaltantes, durante a fuga, atingindo um deles. Segundo o delegado João Bosco, a Polícia Civil prossegue as investigações.
OPERAÇÃO LAVA-JATO, VEJA AINDA HOJE, POLÍTICO DA REGIÃO DA TRANSAMAZÔNICA PODE ESTA ENVOLVIDO EM PROPINAS NA OBRA DE BELO MONTE.

sábado, 21 de março de 2015

MAIS 02 SUSPEITO DO ASSALTO A AGENCIA DO BANCO DA AMAZÔNIA DE PLACAS FORAM PRESO NESSA MANHÃ.





















 Nesse sábado(21), segundo as informações da assessoria de comunicação da 17ª Companhia Independente de Policia Militar, Foram preso na cidade de Altamira, mais dois integrantes da Quadrilha do assalto ao Banco de Placas. Kelison Vieira Santos, de 22 anos, e Francisco Alves de Lima, de 19 anos, estes indivínduos faziam parte da quadrilha; dando suporte de moto(batedores) e acompanhavam dando informações ao grupo.